Andrew Couldridge/Reuters
Andrew Couldridge/Reuters

Ex-Atlético de Madrid, técnico espanhol assume comando de clube chinês

Quique Sanchez Flores, ex-Atlético de Madrid e Valencia, é contratado pelo Shanghai Shenhua

Redação, Estadão Conteúdo

25 Dezembro 2018 | 10h13

O Shanghai Shenhua, da primeira divisão da China, anunciou nesta terça-feira seu novo treinador para a próxima temporada. Trata-se do espanhol Quique Sánchez Flores, de 53 anos, que, entre outros clubes, acumulou passagens pelo Atlético de Madrid e pelo futebol da Inglaterra.

Sánchez Flores chega para a vaga de Wu Jingui, que levou o Shanghai Shenhua à sétima colocação da tabela na edição de 2018 do Campeonato Chinês. O treinador estava desempregado desde abril, quando deixou o comando do Espanyol.

Zagueiro de sucesso e com passagem pela seleção espanhola, Sánchez Flores iniciou a carreira de treinador no Getafe, passou por Valencia, Benfica, Atlético de Madrid, Al-Ahli e Al Ain, ambos dos Emirados Árabes Unidos, além de Watford antes de chegar ao Espanyol.

No Shanghai, o treinador não comandará nenhum brasileiro, mas conta com quatro estrangeiros: o paraguaio Óscar Romero, irmão do corintiano Angel Romero, os colombianos Giovanni Moreno, ex-Racing-ARG, e Fredy Guarin, ex-Porto e Inter de Milão, e o senegalês Demba Ba, ex-Chelsea.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.