Rogan Ward/Reuters
Rogan Ward/Reuters

Ex-Atlético-MG, Cáceres leva suspensão de 4 anos por doping

Zagueiro defendeu clube mineiro em duas passagens

Estadão Conteúdo

08 de março de 2017 | 17h38

Aos 37 anos, o zagueiro Julio César Cáceres pode ter sua carreira abreviada depois de ser suspenso por doping. Nesta quarta-feira, a Organização Nacional Antidoping (ONAD) do Paraguai divulgou uma punição por quatro anos para o defensor, que se negou a realizar um exame antidoping no jogo que valeu o título nacional ao Guaraní, no fim do ano passado.

Cáceres, que também passou por clubes como River Plate, Boca Juniors e Olimpia, atualmente defende o Guaraní, rival do Grêmio na primeira fase da Copa Libertadores. Ele primeiro testou positivo para octopamina em agosto, depois de um jogo entre Guaraní e Sol de América.

De acordo com o jornal paraguaio Color ABC, a expectativa era de que Cáceres recebesse uma punição branda, uma vez que ele teria ingerido a substância proibida ao consumir tererê, bebida típica do Paraguai. Além disso, havia baixa concentração da substância na sua urina.

A punição de quatro anos, porém, é referente ao não comparecimento ao exame antidoping depois do jogo contra o Sportivo Luqueño. O zagueiro pediu para ser substituído na lista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.