Divulgação/Chapecoense
Divulgação/Chapecoense

Ex-Borussia Dortmund, Felipe Santana fala em recomeço e casamento com Chapecoense

Zagueiro de 34 anos foi apresentado pelo time catarinense

Redação, Estadão Conteúdo

10 de junho de 2020 | 12h06

A Chapecoense apresentou nesta quarta-feira o zagueiro Felipe Santana, de 34 anos, com passagens por Figueirense, Borussia Dortmund, da Alemanha, e Atlético-MG. O defensor falou em recomeço de carreira com a camisa alviverde e viu a união como um casamento entre agremiação e atleta, com o claro objetivo de conquistar o acesso à elite do futebol brasileiro.

"Estar aqui, pra mim, é um prazer. É uma honra vestir as mesmas cores dos atletas que defenderam com muito carinho e deram a sua vida pelo clube. Faço daqui a minha porta de recomeço. Sou muito grato à Chapecoense pela oportunidade e a melhor maneira de corresponder a esse voto de confiança e transpassando dentro de campo aquilo que eu já vivi e aprendi com o futebol. Aquilo que eu sei fazer", disse o jogador, que falou sobre sua expectativa na nova equipe.

"Chego num momento especial. Um momento onde me sinto feliz, empolgado e entusiasmado com a oportunidade. E a Chapecoense também vive a expectativa de um retorno para a Série A, de onde não devia ter saído. Acho que a gente casa nesse aspecto. O Felipe quer, a Chapecoense quer, a cidade que", concluiu.

Felipe Santana está em Chapecó (SC) desde o final da última semana e, após realizar todos os testes e avaliações, assinou contrato com o clube alviverde nesta quarta-feira. Ele firmou vínculo até 31 de dezembro deste ano. O jogador aproveitou para mandar um recado aos torcedores.

"Para nós, jogadores, que estamos dentro de campo, o torcedor tem um papel fundamental. É o que nos motiva. Além dos nossos interesses pessoais, é por eles que a gente joga. O que eu tenho pra dizer é que o torcedor é o mais importante de um clube de futebol. Eu conto com a volta da paixão da torcida. E eu quero fazer história aqui, espero deixar o meu nome marcado", finalizou.

Felipe Santana foi revelado pelo Figueirense e rodou por Borussia Dortmund, Schalke 04 (Alemanha), Olympiakos (Grécia), Kuban Krasnodar (Rússia) e Atlético-MG. Entre os títulos, dois Campeonatos Catarinenses, uma Supercopa da Alemanha, dois Campeonatos Alemães, uma Copa da Alemanha, um Campeonato Grego e um Campeonato Mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolChapecoenseFelipe Santana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.