Èrico Leonan|Divulgação
Èrico Leonan|Divulgação

Ex-carrasco, Ytalo promete mostrar serviço no São Paulo

Atacante veio do Audax com contrato válido até o fim do ano

Estadão Conteúdo

23 de maio de 2016 | 15h45

O São Paulo apresentou nesta segunda-feira o primeiro reforço para a disputa do Campeonato Brasileiro. O atacante Ytalo, de 28 anos, terminou a passagem pelo Audax após ser vice do Campeonato Paulista e chega ao time do Morumbi com contrato curto, até o fim do ano, mas com a confiança de que vai conseguir convencer a diretoria de que merece ficar.

O molde da contratação é parecida à de Hudson. O volante chegou em 2014 após se destacar no Campeonato Paulista com o Botafogo, conseguiu ir bem, teve o contrato renovado e, agora, é o capitão da equipe. "Claro que é possível mostrar serviço. Falta um Brasileirão inteiro para ter essa oportunidade. Vou trabalhar bastante, esperar minha oportunidade. Espero corresponder bem e trabalhar forte", disse Ytalo.

O atacante chamou a atenção do São Paulo nas quartas de final do Campeonato Paulista, quando fez dois gols na goleada por 4 a 1 sobre a equipe do Morumbi. "Foi muito especial. Acho que foi o dia o mais importante da minha vida, até pela fase que a gente estava vivendo. Tenho que trabalhar para aparecer e fazer os gols", afirmou.

Nesta segunda-feira o atacante fez o primeiro treino pelo clube, pela manhã, no CT da Barra Funda. A contratação dele faz a comissão técnica ganhar opções para a saída de Calleri, em julho. "É uma chance, mas eu tenho de esperar. Tem gente na minha frente. É esperar, ter paciência, que vai chegar o dia da minha oportunidade", disse o reforço, que vai usar a camisa 37.

A reapresentação dos jogadores nesta segunda confirmou que o volante Hudson será baixa na quarta, contra o Coritiba, no Couto Pereira, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador sente dores na coxa esquerda e será submetido a exames para confirmar a gravidade da lesão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.