Andy Rain/Reuters
Andy Rain/Reuters

Ex-Chelsea, Lampard revela que recusou boas propostas, mas que pretende voltar aos trabalhos

Sem clube desde janeiro, ídolo inglês está passando por um momento de descanso após dois anos e meio como técnico

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2021 | 12h45

Ídolo histórico do Chelsea como jogador, Frank Lampard não teve o mesmo sucesso como treinador da equipe inglesa. Sem clube desde que foi substituído por Thomas Tuchel, em janeiro, o técnico de 42 anos contou em recente entrevista que não parou de acompanhar futebol e que chegou a recusar propostas que fora "lisonjeiras".

Apesar de estar passando por um período sabático, Lampard se mostrou bem ansioso em voltar à beira dos gramados e alguns times bem interessantes o procuraram. Dentre eles, o ex-jogador teve seu nome ventilado para assumir a seleção da Inglaterra sub-21, e que ele realmente gostou muito da ideia, mas que teve de adiar os planos devido à gravidez de sua esposa, que deu a luz no último mês a seu quarto filho.

"Eu tenho pensado sobre voltar a comandar e eu tenho tido algumas oportunidades que aparecem nas últimas seis semanas, ou dois meses, que têm sido lisonjeiras e muito legais, mas não eram a coisa certa", declarou Lampard. A fala do astro ocorre numa sessão de perguntas e respostas que é uma prévia para uma premiação londrina de futebol, o London Football Awards. Esta foi sua primeira aparição pública desde que deixou o Chelsea em janeiro.

"Com certeza foi a hora para eu dar um passo à frente, já que trabalho como técnico há dois anos e meio", analisou. "As oportunidades não eram muito boas, meu eu penso nelas e isso seria algo que eu tenho muiito interesse em fazer, na hora certa, no lugar certo."

Lampard ainda fez questão de enfatizar que, apesar de estar tendo sua primeira folga em dois anos e meio, continuou acompanhando o jogo, conciliando com seus momentos de descanso e recuperação. "Eu obviamente assisto futebol, tentando aprender, tentando dar o meu melhor assim como todos neste jogo. Eu nunca paro de aprender. Eu vou tentar achar o tempo certo, a oportunidade certa e estou muito ansioso para voltar a trabalhar", completou.

Desde que Lampard saiu, o Chelsea, sob o comando de Thomas Tuchel, ex-Paris Saint Germain, soma uma campanha de 11 vitórias, quatro empates e uma derrota em 16 jogos. No Campeonato Inglês, a equipe está na 5ª colocação com 51 pontos, brigando por uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.