Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ex-Corinthians, Jonathas é o 1º jogador brasileiro infectado pela Covid-19

Teste positivo do atacante para a doença foi anunciado pelo clube espanhol Elche neste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

15 de março de 2020 | 11h50
Atualizado 16 de março de 2020 | 07h24

Jonathas Jesus, atacante do Elche, time da segunda divisão espanhola, é o primeiro jogador brasileiro diagnosticado com o novo coronavírus. O teste positivo do jogador para a doença foi anunciado pelo clube espanhol neste domingo.

No sábado, Jonathas havia apresentado sintomas da doença, como febre e dificuldade para respirar. Neste domingo, o Elche confirmou que o brasileiro está infectado pela Covid-19 e comunicou que todos os atletas, membros da comissão técnica e funcionários do clube ficarão em quarentena em suas casas durante 15 dias.

Em vídeo publicado nas redes sociais do Elche, o atacante brasileiro agradeceu as mensagens de apoio que recebeu e disse estar se recuperando bem, em sua casa, e ansioso para retomar as atividades.

Jonathas, de 31 anos, jogou pouco no Brasil. Ele foi revelado pelo Cruzeiro, vestiu as camisas de outros clubes mineiros, como Itapinga e Villa Nova, e teve uma rápida e recente passagem pelo Corinthians, em 2018, quando atuou emprestado pelo Hannover, da Alemanha. O atacante também atuou no futebol russo e italiano. Depois de deixar o time alvinegro, retornou ao Hannover, e foi comprado pelo Elche nesta temporada. Na equipe espanhola, entrou em campo quatro vezes e marcou um gol.

O Elche também decidiu fechar as instalações ao público e disse estar seguindo uma série de medidas preventivas recomendadas pelas autoridades sanitárias para evitar a propagação da doença, que tem castigado a Espanha, com o aumento significativo de casos nos últimos dias. O último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde neste domingo aponta mais de 7 mil infectados, com 288 mortes. É o segundo país mais afetado na Europa, atrás apenas da Itália.

A significativa expansão da doença fez o governo decretar estado de alerta a partir deste sábado, impondo várias restrições à população, que terá de ficar confinada e só poderá sair de casa para comprar alimentos e remédios, para trabalhar ou cuidar de pessoas dependentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.