Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Ex-diretor fala em até cinco reforços para o Corinthians e vê Scarpa em rival

Flávio Adauto deixa o cargo, mas antes fala da possível chegada de novos jogadores e da negociação de meia do Fluminense

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2017 | 20h08

Agora, ex-diretor de futebol de Corinthians, Flávio Adauto disse que o clube deve contratar entre quatro ou cinco reforços e que o meia Gustavo Scarpa está bem distante de chegar, pois está de malas prontas para defender o São Paulo.

+ FPF desmembra a tabela do Paulistão e Palmeiras será último grande a estrear

+ Por eleição, Flávio Adauto e Piovesan deixam a diretoria do Corinthians

"Acredito que poucos virão, quatro ou cinco jogadores, no máximo, enquanto a maioria contrata 14 ou 15", afirmou o ex-dirigente, em entrevista à Rádio Bandeirantes. Até o momento, o Corinthians contratou o atacante Júnior Dutra e tem tudo apalavrado com o volante Renê Júnior.

Quanto a Gustavo Scarpa, Adauto afirmou que o negócio dele com o Corinthians é muito difícil e vê o meia do Fluminense perto de um acerto com o São Paulo.

"Corinthians e Scarpa é um negócio distante. Impossível? Não. Mas embrionário. Soubemos que a coisa está adiantada com o São Paulo. Tivemos uma informação de que o Rai estaria no Rio de Janeiro, mas nada oficial. Se houver algo com o Corinthians, vai começar da estaca zero. Não é impossível, mas é pouco viável, pois outros estão mais adiantados", contou.

Gustavo Scarpa parecia próximo de um acerto com o Palmeiras, mas a negociação esfriou após o atacante Róger Guedes se recusar a defender o clube carioca, como parte da negociação. 

Adauto deixou a diretoria do Corinthians após ter seu nome confirmado como candidato a vice-presidente da chapa que conta com o oposicionista Paulo Garcia como candidato à presidência do clube. Além dele, o diretor jurídico do clube, Emerson Piovesan, também deixou o cargo. A eleição será realizada no dia 3 de fevereiro.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.