Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

Ex-dirigentes de Grêmio e Inter são apresentados e prometem Vasco competitivo

Paulo Pelaipe assume a função de diretor executivo e Newton Drummond de gerente de futebol

Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2018 | 20h58

O Vasco aproveitou a sexta-feira para apresentar os dois novos membros do seu departamento de futebol, ambos com forte ligação com times do futebol gaúcho. Em São Januário, o presidente Alexandre Campello e o vice-presidente de futebol Fred Lopes deram as boas-vindas a Paulo Pelaipe, que assumiu a função de diretor executivo, e Newton Drummond, o Chumbinho, novo gerente de futebol. E ambos adotaram o discurso de que vão construir um time competitivo em 2018.

+Primeiro reforço de nova gestão vascaína, Werley celebra jogar a Libertadores

"Meu objetivo é sempre este, de estar em um clube como o Vasco da Gama e isto é importante demais. O Vasco tem um plano de trabalho mostrado pelo nosso presidente e vice-presidente. Eu e Newton tivemos anos trabalhando em times rivais em Porto Alegre e agora estamos juntos aqui. O futebol nos une. É uma honra muito grande estarmos aqui hoje e queremos o torcedor ao nosso lado. Um clube gigante como o Vasco da Gama precisa de uma equipe competitiva para honrar as tradições do clube", afirmou Pelaipe, que marcou época como dirigente do Grêmio.

Drummond, que faturou títulos expressivos pelo Internacional, destacou a importância de o Vasco reconquistar o apoio do seu torcedor. Ele também revelou que não pensou duas vezes quando recebeu o convite para trabalhar no clube carioca, deixando o Criciúma.

"Quando recebi o convite para vir para o Vasco, eu estava no Criciúma e me senti lisonjeado. Conversei com o Fred Lopes e quis vir para o Cruzmaltino após o projeto mostrado por ele. Nossa ideia é vir com o Vasco por muito tempo, eu e Pelaipe. Com a vontade que estamos e com o apoio da diretoria, vamos avançar muito. O desafio é imenso e é sempre algo que me faz correr atrás para alcançar os objetivos. Quando você vem para um clube como o Vasco, com a torcida que tem, isto me interessa. Esta é a essência do futebol. Fazer com que a torcida se sinta atraída a vir ver o Vasco da Gama. Vamos fazer uma equipe competitiva", disse.

As contratações de Pelaipe e Chumbinho fazem parte da reformulação do departamento de futebol do Vasco após a eleição de Campello para presidir o clube. Ele sucede Eurico Miranda, que contava com Anderson Barros como gerente de futebol, Isaías Tinoco como superintendente e Eurico Brandão, o Euriquinho, como vice-presidente de futebol, função agora exercida por Fred Lopes, que prometeu para os próximos dias a chegada de um novo comandante para as categorias de base do Vasco.

"Prazer grande estar aqui apresentando dois profissionais de gabarito, que dispensam comentários. Isso mostra um pouco do nosso compromisso de montar uma reestruturação no futebol. Com eles e mais um nome que vem para a categoria de base queremos que todos estejam integrados. A palavra hoje é integração. Com muito prazer, apresento os dois e desejo todo o sucesso aqui no Vasco", ressaltou Lopes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.