Andrew Medichini/ AP
Andrew Medichini/ AP

Ex-dono do Milan, Silvio Berlusconi conclui compra do Monza Cálcio

Novo clube do ex-primeiro-ministro italiano vem buscando se reerguer no futebol após ter decretado falência em 2004 e 2015

Ansa

28 Setembro 2018 | 09h13

O ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi concluiu nesta sexta-feira a compra do Monza Calcio, clube da Série C do Campeonato Italiano. A nova aquisição acontece um dia antes de o líder conservador completar 82 anos e marca o fim das especulações sobre seu retorno ao futebol. O ex-dono do Milan comprou 100% das ações do Monza, que pertencia à família Colombo.

Segundo informações da imprensa italiana, o negócio teria sido fechado por um valor entre 2,5 milhões de euros e 3 milhões de euros (entre R$ 12 milhões e 14 milhões, aproximadamente). Berlusconi vendeu o Milan para um consórcio chinês em abril de 2017 por US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões, na cotação atual).

Adriano Galliani, ex-vice-presidente do Milan, foi nomeado CEO do Monza. O dirigente terá a missão de levar o mosdesto clube pela primeira vez para a primeira divisão da Itália.

Sob a direção de Berlusconi, o Milan ganhou 29 títulos em 31 anos. Entre as principais conquistas estão oito Campeonatos Italianos, uma Copa da Itália, cinco Supercopas da Itália, cinco taças da Liga dos Campeões e três títulos mundiais.

Em seu último jogo, na última quarta-feira, o Monza derrotou o Renate por 1 a 0. O time lidera o Grupo B da terceira divisão com nove pontos, após três rodadas. O ataque fez quatro gols e a defesa ainda não foi vazada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.