Ex-goleiro alemão pede indenização por danos à saúde

O ex-goleiro Georg Koch pede indenização aos clubes austríaco Rapid Viena e Áustria Viena por conta de problemas de saúde que ele diz terem sido causados pela explosão de fogos de artifício lançados no campo há três anos.

AE-AP, Agência Estado

19 de agosto de 2011 | 10h17

O jornal Kurier revelou que Koch entrou com uma ação na Fifa contra as duas equipes cobrando compensação de 912 mil euros por conta de um zumbido nos ouvidos e problemas de equilíbrio como resultados do incidente.

A Fifa confirmou nesta sexta-feira que Koch, um alemão que jogou pelo Rapid Viena, apresentou uma ação, mas se recusou a revelar mais detalhes. O ex-goleiro disse que seus problemas de saúde são um resultado da explosão de fogo de artifício perto dele durante uma partida entre as duas equipes disputada em 24 de agosto de 2008.

Koch, de 39 anos, também passou por SpVgg Erkenschwick, Fortuna Düsseldorf, PSV, Arminia Bielefeld, Kaiserslautern, Energie Cottbus, Duisburg, Dinamo Zagreb e Herford. O goleiro se aposentou em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.