Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Ex-goleiro Gylmar dos Santos Neves continua internado em estado grave

Bicampeão do mundo pela seleção brasileira em 1958 e 1962 apresenta 'infecção sistêmica'

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2013 | 16h09

SÃO PAULO - O ex-goleiro Gylmar dos Santos Neves continua em estado grave no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, segundo boletim médico divulgado neste sábado. O ex-jogador, bicampeão do mundo pela seleção brasileira em 1958 e 1962, apresenta "infecção sistêmica".

Gylmar está internado desde o dia 8 deste mês devido à infecção urinária e a um enfarte, de acordo com os médicos. Segundo o boletim, ele já sofria de problemas decorrentes de um AVC e de insuficiência cardíaca, que deixaram sequelas em sua saúde. "O paciente permanece internado em estado grave, tendo como complicação infecção sistêmica", registrou o boletim assinado pelos médicos Antonio Carlos Onofre de Lira e Yana Novis. Gylmar completou 83 anos na última quinta-feira.

O ex-atleta nasceu em 22 de agosto de 1930, em Santos. Ao longo de sua carreira, defendeu, além da seleção brasileira, o Santos e o Corinthians, conquistando o bi mundial na equipe da Vila Belmiro ao lado de Pelé, Pepe e Coutinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.