Divulgação
Divulgação

Ex-goleiro Marcos agradece apoio e prevê tempo 'de molho'

Ídolo do Palmeiras está internado com uma alergia em hospital e embora não tenha previsão de alta, garante já estar bem de saúde

Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2015 | 13h01

Atualizado às 15h40

Internado desde a última terça-feira por conta de uma infecção ocorrida em decorrência de uma alergia, o ex-goleiro Marcos utilizou as redes sociais para acalmar os fãs nesta quarta-feira. O ídolo palmeirense agradeceu o apoio que vem recebendo e disse que ficará os próximos dias "de molho" no Hospital São Luiz, em São Paulo.

"Pessoal, valeu pelas mensagens. Graças a Deus está tudo bem, agora é só ficar de molho um pouco... Valeu e abração a todos!!!", escreveu o ex-goleiro em sua página no Facebook.

A assessoria de imprensa de Marcos confirmou na última terça-feira que ele teve uma infecção, mas explicou que não se sabia a causa do problema clínico. Alguns exames foram realizados e outros ainda acontecerão, mas, por enquanto, a ordem dos médicos é para o goleiro descansar. Não há previsão de alta.

Desde sua aposentadoria, em janeiro de 2012, Marcos tem feito poucas aparições públicas, geralmente em eventos corporativos ou em ações promocionais do Palmeiras. A última vez que ele apareceu foi no domingo, quando visitou os jogadores nos vestiários do Allianz Parque antes do clássico com o Corinthians, válido pelo Paulistão. O ex-goleiro tem 41 anos e atualmente ocupa o cargo de "embaixador" do clube alviverde.

Na tarde desta quarta-feira o Hospital São Luiz divulgou um novo boletim sobre o estado de saúde do ex-jogador e destacou que o quadro tem evoluído. "O Hospital São Luiz, Unidade Morumbi, informa que o ex-goleiro do Palmeiras e da Seleção Brasileira, Marcos, apresentou melhora importante no seu quadro clínico, passa bem e continua internado para finalizar exames necessários para avaliação médica", diz o comunicado assinado pela diretoria médica.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.