Divulgação
Divulgação

Ex-Grêmio, Anderson é confirmado no Inter e assina por quatro anos

Volante de 26 anos estava encostado no Manchester United e volta a Porto Alegre após ter defendido o Grêmio entre 2004 e 2006

Estadão Conteúdo

03 de fevereiro de 2015 | 13h26

O que começou como um namoro pouco provável, se transformou em um casamento consolidado nesta terça-feira. Depois de dias de negociação e de inclusive já ter vestido a camisa do Internacional em testes físicos, Anderson finalmente é o novo reforço colorado. O jogador revelado na base do Grêmio foi anunciado oficialmente pela diretoria no início da tarde.

Anderson tem 26 anos e chega ao Inter tentando dar a volta por cima na carreira, depois de ficar encostado no Manchester United e na Fiorentina nas últimas temporadas. O jogador assinou contrato por quatro temporadas e os valores envolvidos na negociação não foram divulgados.

O acerto de Anderson pode deixar os dois lados de Porto Alegre ressabiados. Os torcedores do Inter esperam para ver se o jogador, em baixa nos últimos tempos, consegue repetir o futebol dos tempos de Grêmio. Já os gremistas não deverão ficar nada felizes ao verem o meia, que marcou seu nome na história do clube, atuar com a camisa do maior rival.

Anderson foi um dos heróis da Batalha dos Aflitos, em 2005, um dos principais capítulos na história recente do Grêmio. Na ocasião, o clube precisava de um empate para garantir o retorno à Série A. Já no fim da partida, quando os gaúchos tinham quatro jogadores a menos, o goleiro Galatto defendeu penalidade. Na sequência, Anderson calou a torcida pernambucana ao marcar o gol da improvável vitória.

O destaque no Grêmio foi tamanho que Anderson se transferiu para o Porto aos 18 anos. Após uma temporada e meia de novas boas atuações, chamou a atenção do Manchester, que o contratou. O início na Inglaterra foi difícil, mas Alex Ferguson viu potencial no jogador para atuar como volante e ele passou a ganhar espaço.

No total, foram quase 200 partidas pelo Manchester, mas nos últimos tempos Anderson perdeu espaço. Emprestado para a Fiorentina na temporada passada, também não se destacou e ficou encostado no elenco. De volta ao clube inglês, vinha sendo escalado para partidas do time sub-21 nas últimas semanas.

O Inter foi rápido e se prontificou a pagar os salários do jogador se o Manchester o liberasse. No clube gaúcho, ele pode ser novamente escalado como volante e, assim, terá a concorrência de nomes como Nilton, Wellington e Aránguiz. Se atuar em sua posição de origem, a meia, brigará por vaga com Alex, D''Alessandro, Valdivia e Eduardo Sasha.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterAnderson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.