Scott Heppell/AP
Scott Heppell/AP

Ex-jogador da seleção inglesa, Gascoigne é acusado de assédio sexual em trem

Caso teria acontecido em agosto, mas só agora inglês terá de responder pelos seus atos em um tribunal

Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2018 | 16h10

O ex-jogador Paul Gascoigne, de 51 anos, foi acusado de assediar sexualmente uma mulher em um trem na Inglaterra. O caso aconteceu ainda em agosto, mas somente agora o ídolo da seleção nacional foi formalmente denunciado e terá que responder pelos atos em um tribunal.

Gascoigne tem um longo histórico de abuso de álcool e transtornos mentais. No dia 20 de agosto, ele foi detido na estação de Durham pela Polícia de la Red de Transportes Britânica, que informou que agora o ex-jogador "foi acusado pelo correio de agressão sexual".

Gascoigne deverá se apresentar aos tribunais para se defender no dia 11 de dezembro. Ele utilizou sua conta no Twitter para dizer que era inocente, em postagem que foi rapidamente apagada, na qual afirmou que estava apenas consolando uma mulher que havia sido humilhada por estar acima do peso.

O ex-atleta alegou que, quando jovem, também era gordo e que sua sobrinha e seu sobrinho foram hospitalizados porque se negavam a comer, após sofrerem com provocações de que estariam acima do peso.

Gascoigne marcou época no futebol europeu nos anos 1980 e 1990, com as camisas de Newcastle, Tottenham e Lazio, além da seleção inglesa, que defendeu na Copa do Mundo de 1990. Ainda defendeu o Rangers, da Escócia, Middlesbrough, Everton, entre outros, mas no fim de carreira já era muito mais notícia pelas polêmicas extracampo do que pelo futebol apresentado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.