Miguel Schincariol/Ituano
Miguel Schincariol/Ituano

Ex-jogador do clube, Morato prega respeito ao São Paulo

Jogador explica ter enorme carinho pelo tricolor, mas avisa que o Ituano tem condições de reverter a situação no Paulistão

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2019 | 11h00

Para tentar reverter a vantagem do São Paulo, que venceu a primeira partida das quartas de final do Paulistão por 2 a 1, o Ituano aposta na velocidade e no faro de gol de seus artilheiros Martinelli, que ataca pela esquerda, e Morato, que cai mais pelo lado direito. Ambos tem seis gols no Paulistão e ajudaram o time de Itu a terminar na primeira posição do Grupo D.

"É claro que a gente respeita demais o São Paulo. Eu joguei lá, tenho enorme carinho pelo clube e todos nós sabemos que é um dos maiores times do mundo, mas temos de confiar em nós. A gente não fez um bom jogo no Morumbi, mas acabamos marcando um gol e temos condições de jogar bem em casa, diante da nossa torcida, vencer a partida e nos classificar", comentou Morato.

 

Em 2017, depois de fazer um bom Campeonato Paulista, Morato chamou atenção do São Paulo, que acertou um empréstimo até o final do ano com o Ituano. O atacante estreou contra o Cruzeiro, fez uma ótima partida, mas depois se machucou com gravidade e acabou ficando meses longe do gramado.

Seu empréstimo acabou, ele foi parar no Sport. Até que este ano retornou ao Ituano e vem tendo um bom desempenho. Tanto que no duelo no Morumbi, ele fez o gol que diminuiu a vantagem do São Paulo e deixou o Ituano em uma situação menos delicada para o confronto de volta nesta quarta-feira, às 19h15, no estádio Novelli Júnior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.