Jorge Adorno/Reuters
Jorge Adorno/Reuters

Ex-jogador do São Paulo, Matosas acerta para ser o novo técnico da Costa Rica

Uruguaio de 53 anos também atuou por Atlético-PR e Goiás no Brasil

Estadao Conteudo

03 de outubro de 2018 | 18h54

A Federação Costarriquenha de Futebol (Fedefutbol) anunciou nesta quarta-feira que chegou a um acordo com o novo técnico da seleção nacional. Trata-se do uruguaio Gustavo Matosas, de 53 anos, velho conhecido do futebol brasileiro, onde atuou como jogador pelo São Paulo, além de Atlético-PR e Goiás.

A entidade nacional explicou que decidiu pela contratação de Matosas após reuniões com os possíveis candidatos à vaga no último fim de semana. O treinador vai viajar para a Costa Rica nos próximos dias para definir os últimos detalhes burocráticos e assinar contrato.

Matosas treinou clubes como Danúbio e Peñarol no Uruguai, além dos mexicanos Querétaro, León, América e Atlas e do paraguaio Cerro Porteño. Seu último trabalho foi o Estudiantes, da Argentina, de onde saiu em setembro do ano passado.

O uruguaio assume uma seleção que decepcionou na Copa do Mundo deste ano. Depois de surpreender no Brasil em 2014 e chegar às quartas de final, a Costa Rica somou apenas um ponto na Rússia e acabou eliminada ainda na primeira fase, campanha que resultou na saída de Óscar Ramírez do comando da equipe.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.