Ex-jogador e técnico inglês Bobby Robson morre aos 76 anos

O ex-técnico da seleção inglesa Bobby Robson morreu em casa nesta sexta-feira, aos 76 anos, após uma longa batalha contra o câncer, disse a família do ex-treinador em comunicado.

MARTYN HERMAN, REUTERS

31 de julho de 2009 | 09h58

"É com enorme tristeza que anunciamos que hoje Bobby Robson perdeu sua longa e corajosa batalha com o câncer", disse o comunicado. "Ele morreu em paz esta manhã em sua casa em County Durham, com sua esposa e família a seu lado."

Robson, filho de um minerador, foi um dos mais respeitados nomes do futebol mundial, tendo uma carreira de sucesso como jogador por West Bromwich Albion e Fulham e com 20 partidas pela seleção inglesa, antes de se tornar treinador.

Ele ganhou reputação como um dos mais jovens técnicos da Inglaterra após levar o modesto Ipswich Town aos títulos da FA Cup de 1978 e da Copa da Uefa de 1981.

Robson assumiu a seleção inglesa em 1982 e, apesar de alguns problemas, encerrou sua passagem de oito anos na equipe levando a Inglaterra à semifinal da Copa do Mundo de 1990, na Itália, quando perdeu nos pênaltis para a Alemanha Ocidental.

Após a seleção inglesa, ele passou por vários clubes europeus, incluindo PSV Eindhoven, Sporting Lisboa, Porto e Barcelona, antes de voltar à Inglaterra para comandar o Newcastle. Seu último trabalho no futebol foi como consultor especial da seleção da Irlanda.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESBOBBYROBSON*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.