Ex-jogador Eusébio deixa hospital após 12 dias internado

Principal jogador da história do futebol português, o ex-atacante Eusébio recebeu alta médica neste sábado e vai poder celebrar o ano novo com a família. O ex-atleta, conhecido como o "Pantera Negra", estava internado há 12 dias no Hospital da Luz, em Lisboa, por causa de uma pneumonia.

AE, Agência Estado

31 de dezembro de 2011 | 15h44

"Vocês sabem que não sou muito amigo de viajar, mas desta vez abusei. Fui a Moçambique e estava calor, voltei a Lisboa e apanhei frio, voltei a viajar para o Brasil com muito calor e foi aí que comecei a sentir-me mal. Felizmente estes grandes profissionais (médicos) trataram de mim", afirmou o ex-jogador, ao sair do hospital.

Eusébio, que vai completar 70 anos em janeiro, foi o grande nome da seleção de Portugal que surpreendeu ao ser a terceira colocada na Copa do Mundo de 1966, com o atacante tendo sido o artilheiro do torneio. O português marcou nove gols naquele torneio.

Ao deixar o hospital, o Eusébio, que é embaixador do Benfica e da seleção portuguesa, relevou que pretende estar na Eurocopa e desejou um ano de títulos para o time lisboeta. "Estou preparado para voltar às emoções do futebol e, em 2012, oxalá que o meu Benfica seja campeão", desejou o jogador, que deixou o hospital bem humorado, mas que terá que ficar de repouso nas próximas semanas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEusébio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.