Ex-jogadores acreditam na recuperação de Ronaldo

Bebeto, Paulo Sérgio e Zetti acham que atacante tem condições de superar mais uma lesão na carreira

Milton Pazzi Jr., estadao.com.br

15 de fevereiro de 2008 | 13h22

Em evento para a exposição da taça da Liga dos Campeões em São Paulo, os ex-jogadores Bebeto, Paulo Sérgio e Zetti falaram sobre Ronaldo e disseram acreditar na recuperação do atacante, que nesta quinta-feira foi operado para reconstituição do tendão patelar do joelho esquerdo, rompido no jogo Milan 1 x 1 Livorno, pelo Campeonato Italiano. A opinião unânime é de que o momento, agora, é de apoio, e que não se deve pensar se o atacante voltará ou não a atuar. Veja também: De 'coração partido', Lula envia mensagem de apoio a Ronaldo Ancelotti acha que Ronaldo ainda pode 'render bem' por 3 anos CBF demite médico que acusa Ronaldo de usar anabolizantes A trajetória de Ronaldo no futebol Milan diz que espera Ronaldo, mas não fala de contrato Ronaldo conseguirá superar mais uma contusão? BEBETO (atualmente agente de jogador e representante do Barcelona no Brasil)"Não acredito não [em uso de anabolizantes]. Ronaldo tem uma família maravilhosa, muitos amigos que gostam dele. Eu fui para fora cedo, adquiri um pouco de massa muscular, saí daqui com 68 quilos e saí de lá com 72 quilos. E conheço o irmão dele, que é um cara é forte para caramba. O Ronaldo é um cara maravilhoso, ser humano fantástico, um guerreiro. Acompanhei quando ele começou a ter esses problemas, conheço esse moleque, torço muito por ele, é alguém que amo. Poucos acreditaram que ele ia voltar da outra vez. Tenho certeza que a família vai ser importante e fundamental, e a gente taí para ajudar. Vou ligar para ele, falar com o Leonardo, saber como foi."ZETTI (atualmente é técnico desempregado)"Estou triste, parece que a gente sente a dor, porque o Ronaldo é fantástico. Ele tem três títulos de melhor do mundo, é uma pessoa muito boa para o mundo do futebol, torço para que se recupere rapidamente. Temos é de passar nosso otimismo, e não querer ficar sabendo se ele vai ou não voltar. Ele vai voltar. A gente está sujeito a qualquer tipo de contusão, foi coincidência o que aconteceu com ele."PAULO SÉRGIO (atualmente vice-presidente da Federação Paulista de Futebol)"É um momento triste, porque gostamos de futebol, vivemos de futebol e conhecemos a história do Ronaldo. Disputei uma Copa com ele, joguei contra várias vezes... Vendo o que ele passou e vivenciando essa nova contusão, sabemos o quanto foi árduo esse tempo [para se recuperar da primeira lesão], foi difícil. Meu desejo é para que ele volte rapidamente. Agora o momento não é de pensar no futuro, mas sim no problema, que ele tenha o melhor e volte rapidamente. [Sobre o possível uso de anabolizantes] Imagino o Ronaldo, na cama, ouvindo isso. Acho que não vai gostar nem um pouco. Quantos tiveram isso? Poucos. Quantos podem ter tomado isso? Muitos. Temos é de torcer para ele voltar rapidamente aos gramados." Atualizado às 16h40 para acréscimo de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.