Ex-jogadores pedem seriedade para Corinthians voltar à elite

Atletas que vestiram a camisa alvinegra no passado esperam que equipe não entre de 'salto alto' contra o CRB

André Rigue, estadao.com.br

09 de maio de 2008 | 18h12

O Corinthians estréia neste sábado no Campeonato Brasileiro da Série B contra o CRB-AL, no Estádio do Pacaembu - o público deve ser de 37 mil torcedores. O clube inicia uma longa jornada para tentar recuperar seu prestígio dentro de campo. O estadao.com.br ouviu jogadores que vestiram a camisa alvinegra no passado para saber o que eles esperam do time na Segundona.Veja também: Guia de clubes do Campeonato Brasileiro da Série B Tabela da Série B Torcida do Corinthians homenageará Senna contra o CRB-AL Mano coloca Corinthians no ataque e adota o 4-1-3-2Dos cinco entrevistados, todos acreditam que o Corinthians conseguirá retornar a elite. Porém, eles alertam para um detalhe: o clube não pode entrar com salto alto e deve jogar com seriedade. Pela Série B, o Corinthians realizará 38 partidas e precisará terminar entre os quatro primeiros para retornar à elite. Os ex-jogadores afirmam que a experiência do técnico Mano Menezes, que já subiu com o Grêmio (em 2005), será fundamental para a conquista do acesso.O QUE OS EX-JOGADORES ESPERAM DO CORINTHIANS NA SÉRIE B:VAGUINHO (ponta nas décadas de 1970 - atualmente, trabalha nas bases do Corinthians) "Espero que o Corinthians faça uma boa campanha na Série B. Existem alguns pontos que ainda precisam ser arrumados no time, mas eu acho que a entrada do meia Douglas vai dar uma estrutura melhor. É importante começar com vitória neste sábado. Por todos os estádios que o time atuar, vai ter lotação total. O Corinthians será o time a ser batido."NETO (ex-meia na década de 1990 - atualmente é comentarista esportivo)"Por aquilo que o time vem fazendo nos últimos jogos, a expectativa é muito boa. Uma estréia já com vitória, com mais de 30 mil pagantes, seria o ideal. O time já está formado. E com o Douglas, agora tem uma base bem legal. Não existe diferença da Série B para a Série A. Quem joga futebol joga em qualquer lugar, pois a disputa é a mesma. O Corinthians tem tudo para vencer o CRB e começar bem."ZÉ MARIA (ex-lateral do Corinthians nas décadas de 1970 e 1980 - atualmente trabalha na Fundação CASA (antiga Febem)"A expectativa de todos os corintianos é grande. A Série B é um campeonato diferente. O Corinthians melhorou muito com o trabalho do Mano. Não é um super time, verdade, mas é de bom nível. É capaz que ainda encontre alguns problemas no começo. Vencer por 1 a 0 será goleada. O importante neste começo é somar pontos, para ter tranqüilidade depois."BIRO-BIRO (meio-campista nas décadas de 1970 e 1980 - atualmente trabalha como assessor de um vereador na Câmara Municipal de São Paulo)"Vou torcer para o Corinthians conseguir uma grande apresentação neste sábado, assim como fez contra Goiás e São Caetano pela Copa do Brasil. Mano Menezes ainda está se firmando no time, porque ainda tem dificuldades para encontrar uma escalação. Uma vitória contra o CRB servirá para a equipe adquirir confiança para a seqüencia na Série B."CARLINHOS (atacante na década de 1980 - atualmente trabalha com esportes numa cooperativa ligada à Prefeitura de São Paulo)"Acredito que o Corinthians cresceu bastante, principalmente depois do que passou em 2007. Confio na volta da equipe à elite do futebol brasileiro. O Mano Menezes é um técnico competente. Mas temos de estar cientes que futebol é surpreendente. Temos de jogar con seriedade para não sermos surpreendidos. Contra o CRB, o Corinthians deve entrar com respeito."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.