Stringer / Reuters
Stringer / Reuters

Ex-Liverpool, Carragher é afastado de emissora de TV após cuspir em torcedora

Ex-zagueiro tentou atingir garota de 14 anos com a cusparada e já pediu desculpas pelo acontecimento

Estadão Conteúdo

14 Março 2018 | 12h22

O ex-zagueiro do Liverpool Jamie Carragher foi suspenso nesta quarta-feira do seu cargo de comentarista da Sky Sports. O motivo foi uma cusparada dada em uma torcedora de 14 anos do Manchester United, no sábado, após o clássico entre as duas equipes, que terminou com vitória do time comandado por José Mourinho por 2 a 1, em Old Trafford, pelo Campeonato Inglês.

+ Jogador do Egito na Copa de 90 aposta em Salah por boa campanha na Rússia

+ Sevilla elimina United e volta às quartas da Liga após 60 anos

O incidente se deu quando o ex-jogador voltava do estádio, onde participara da transmissão, em seu carro. Em um outro veículo ao lado, as pessoas reconheceram o ídolo do Liverpool e passaram a provocá-lo, citando o placar favorável à equipe de Manchester. Carragher abaixou o vidro e cuspiu em direção aos torcedores rivais, que filmaram tudo. O vídeo foi reproduzido pelo jornal britânico "The Guardian" no Twitter.

Em comunicado, a Sky Sports, detentora da maior parte dos direitos televisivos do país sobre a Premier League, que organiza o Campeonato Inglês, disse que se reunirá com o ex-defensor antes do início da próxima temporada para discutir um eventual retorno dele à emissora.

Já o ex-jogador se desculpou com a família pelo que considerou "um momento de loucura". "Estava fora de mim, mas nunca poderia me comportar desta forma, é inaceitável", afirmou Carragher. "O que mais lamento é a menina de 14 anos estar envolvida nisso. Tenho uma filha da mesma idade e não posso dizer como reagiria se alguém fizesse isto", completou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Liverpool Football Club

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.