Divulgação
Divulgação

Ex-Palmeiras, Wesley diz que clube prejudicou a sua temporada

Volante do São Paulo critica demora para deixar antigo time

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

04 Novembro 2015 | 08h30

O volante Wesley culpou nesta terça-feira o ex-clube pela sua falta de sequência como titular no São Paulo, onde ainda não se firmou no time principal nesta temporada. Liberado pelo Palmeiras apenas ao fim do contrato, em fevereiro, o jogador disse ter sentido dificuldade no ritmo dos treinos ao trocar de equipe e chegar ao time do Morumbi, no começo de março.

"O Palmeiras me prejudicou porque a pré-temporada é tudo para um jogador. Não tive a oportunidade de fazer e quando cheguei ao São Paulo, os caras estavam correndo bastante nos treinos, quase 'passavam por cima' de mim", explicou o jogador. Titular contra o Sport, Wesley deve ser mantido na equipe para as cinco rodadas finais do Campeonato Brasileiro.

A saída conturbada do Palmeiras rendeu ao jogador a antipatia da torcida e a demora para poder estrear pelo novo clube. Como o Alviverde só aceitou liberá-lo em fevereiro, Wesley perdeu a chance de ser inscrito nas primeiras fases do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores. O jogador só conseguiu estrear cerca de 40 dias após a chegada e lamentou ter sofrido uma lesão quando vivia um bom momento.

"Quando iria ter uma sequência, depois do jogo com o Vasco, no primeiro turno, tive uma lesão complicada nas costas. Fiquei até um dia na cadeira de rodas. Mas sempre confiei em mim. A minha hora vai chegar e não vou sair mais", disse o jogador em referência ao problema, ocorrido em julho. Wesley foi titular e jogou bem no último sábado ao dar assistência para um dos gols da vitória sobre o Sport, atuação que deve lhe garantir permanência como titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.