Mourão Panda/ América FC
Mourão Panda/ América FC

Ex-Palmeiras, goleiro Jailson surpreende e rescinde contrato com América-MG

Clube informa que a decisão partiu do próprio arqueiro, sem que houvesse maiores explicações sobre as motivações

Redação, Estadão Conteúdo

05 de julho de 2022 | 23h15

O goleiro Jailson surpreendeu nesta terça-feira ao pedir para deixar o América-MG. O clube anunciou a rescisão de contrato com o experiente jogador, que se destacou nacionalmente nos últimos anos com a camisa do Palmeiras.

De acordo com a direção do América-MG, o pedido para antecipar o fim do contrato partiu do próprio goleiro, que tinha vínculo até dezembro deste ano. "O América Futebol Clube comunica que o goleiro Jailson solicitou a rescisão contratual com o Clube nesta terça-feira. A iniciativa partiu do atleta, que decidiu antecipar o fim do vínculo que iria até dezembro", anunciou a direção do clube.

Jailson chegou em janeiro ao América e foi decisivo nas disputas de pênaltis na fase preliminar da Copa Libertadores, quando a equipe obteve vitórias heroicas para alcançar a fase de grupos. O goleiro de 42 anos atuou em 27 jogos e sua última partida foi contra o Fluminense, pela 12ª rodada do Brasileirão.

Na rodada seguinte, o goleiro não jogou devido a um desconforto muscular. Depois foi diagnosticado com amidalite e vinha ficando de fora desde então. "O clube agradece a Jailson pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos projetos", afirmou a direção do América-MG.

Pelas redes sociais, Jailson se despediu do clube sem informar qual será o seu destino. "Obrigado, América! Faço questão de deixar meu agradecimento ao América Futebol Clube, no qual me despeço com a sensação de dever cumprido. Foram 27 jogos e inúmeros momentos que ficarão eternizados na minha memória!", declarou.

"Saio feliz por ter contribuído dentro e fora de campo. Sempre busquei fazer o bem e o melhor para o clube. Aos torcedores do Coelho, deixo a minha gratidão, uma vez que me receberam de forma maravilhosa e sempre me apoiaram em todos os momentos. Estarei sempre na torcida! Mais uma vez, muito obrigado, Coelho!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.