Ex-presidente da Telefonica faz oferta pelo Valencia

Juan Villalonga está disposto a pagar cerca de R$ 163 milhões pela maioria das ações do time espanhol

Ansa

27 de fevereiro de 2008 | 15h53

O ex-presidente da Telefonica, Juan Villalonga, ofereceu 65 milhões de euros (cerca de R$ 163 milhões) por 70 mil ações do clube espanhol Valência.Villalonga, que já tentou comprar o Liverpool, fez a oferta em parceria com o ex-vice-presidente do Valência, Vicente Soriano, que conta com 20 mil títulos do clube.A compra tornaria Villalonga e Soriano proprietários de 47% das ações do clube. Os 53% restantes estão, de acordo com a imprensa local, muito espalhados.O atual presidente do clube, Juan Soler, receberia 65 milhões de euros, o mesmo valor investido no clube em quatro anos de sua gestão.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.