Felipe Oliveira/EC Bahia
Felipe Oliveira/EC Bahia

Ex-presidente do Bahia, Fernando Schmidt morre aos 76 anos em Salvador

Dirigente marcou seu nome na história do clube pelo heptacampeonato estadual e pela construção do centro de treinamentos

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2020 | 07h26

A semana amanheceu mais triste para o futebol baiano e brasileiro. Fernando Roth Schmidt, ex-presidente do Bahia, morreu na manhã desta segunda-feira aos 74 anos. Ele já vinha lutando contra problemas neurológicos nos últimos anos, além de ter problemas relacionados a diabetes.

Schmidt foi o primeiro presidente do clube nordestino na era democrática, sendo eleito por voto diretos dos sócios em 7 de setembro de 2013. O ex-dirigente também esteve no comando da equipe anos antes, quando ganhou sete campeonatos baianos consecutivos, de 1973 a 1979, e também na construção do atual centro de treinamento.

Como político, chegou ao cargo de ministro do Trabalho e do Emprego de forma interina entre julho e agosto de 2013, além de ter sido eleito vereador em Salvador e secretário de governo do Estado da Bahia.

Fernando Schmidt foi internado no dia 23 de março no Hospital Jorge Valente, na capital baiana, e lá estava desde então. Seu quadro era a luta diária contra os problemas neurológicos e as diabetes, mas acabou não resistindo e faleceu durante as primeiras horas desta segunda-feira.

O Bahia emitiu uma nota oficial tão logo a notícia veio, além de divulgar que o sepultamento será realizado ainda nesta segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.