Juanjo Martín / EFE
Juanjo Martín / EFE

Ex-presidente do Barcelona promete a volta de Guardiola se for eleito novamente

Joan Laporta, que comandou o clube entre 2003 e 2010, quando o treinador foi promovido da equipe juvenil para o time principal, tenta reassumir o cargo

Redação, Reuters

13 de maio de 2020 | 07h33

Joan Laporta disse que buscará trazer o ex-técnico Pep Guardiola de volta ao Barcelona se sua tentativa de retornar como presidente do clube em 2021 for bem-sucedida, informou a mídia espanhola. O ex-dirigente foi presidente do clube de 2003 a 2010 e estava no comando quando o treinador foi promovido da equipe juvenil a técnico do time principal em 2008.

Guardiola está sob contrato no Manchester City até junho de 2021, mas seu futuro está em dúvida depois que a Uefa impôs ao clube inglês uma proibição de dois anos de disputar competições europeias por violar as regras do Financial Fair Play. O City recorreu da decisão.

“Estou trabalhando para me apresentar como candidato à presidência. Já fui presidente e estou animado para voltar”, afirmou Laporta, segundo a emissora catalã TV3.

“Gostaria muito que Guardiola voltasse, mas agora ele está no City e é uma decisão que Pep deve tomar. Ele é uma referência para o Barcelona e muitos catalães gostariam que ele treinasse o Barça novamente.”

“No momento certo, falarei com a pessoa que acreditamos que deveria ser técnico do Barça a partir de 2021”, completou. O Barcelona ganhou 14 troféus—incluindo três títulos do Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões por duas vezes—durante a passagem de Guardiola, antes de sua saída em 2012.

O futebol espanhol está atualmente suspenso devido à pandemia de Covid-19, mas o Barcelona está em turbulência desde que seis diretores renunciaram em abril em protesto contra a forma como o clube estava sendo administrado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.