Ex-presidente do Benfica é solto

O ex-presidente do Benfica de Lisboa, João Vale e Azevedo, foi solto na madrugada deste sábado, depois de passar 12 horas detido. Principal dirigente do clube português de 1997 a 2000, Azevedo é acusado de várias irregularidades em sua gestão e foi indiciado em processo que apura corrupção econômica e financeira. Ele deixou a sede da Polícia Judiciária portuguesa, sob forte escolta, em um carro da polícia. Segundo um policial, a operação foi montada para preservar a imagem do ex-dirigente, que se diz vítima de um ?linchamento público nunca visto na história de Portugal, nem na época da ditadura?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.