Ex-presidente do City Bernstein vai comandar federação inglesa

David Bernstein, ex-presidente do Manchester City, foi anunciado de forma surpreendente nesta quarta-feira como novo presidente da Associação Inglesa de Futebol (FA).

MIKE COLLETT, REUTERS

22 de dezembro de 2010 | 10h03

Bernstein, de 67 anos, que desde 2008 é o chefe da administração do estádio de Wembley, foi escolhido como sucessor de David Triesman, que pediu demissão este ano.

"Estou honrado por ter sido convidado para este enorme desafio", disse ele em comunicado.

Bernstein vai assumir como novo presidente da FA se, como esperado, o conselho da entidade aprovar sua indicação numa sessão em 25 de janeiro.

O ex-vice-presidente do Arsenal David Dein, presidente da área internacional da fracassada campanha inglesa para sediar a Copa de 2018, era considerado o favorito para assumir a presidência da federação.

Bernstein, que tem histórico nos negócios, foi recomendado à diretoria por um comitê responsável por escolher indicados. "David era um candidato fora de série para o cargo. Ele combina qualidades tremendas de liderança e negócios, com enorme conhecimento do mundo do futebol", disse o presidente do Bolton Wanderers, Phil Gartside, responsável pela indicação.

Bernstein foi presidente do Manchester City por cinco anos. Foi durante esse período que o clube mudou-se para seu novo estádio em Eastlands.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLATERRAFAPRESIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.