Nilton Fukuda/ Estadão
Nilton Fukuda/ Estadão

Ex-presidente do Corinthians, Alberto Dualib, de 101 anos, é internado em São Paulo

Quadro de saúde do ex-dirigente não foi informado pela família

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2021 | 18h08

Alberto Dualib, ex-presidente do Corinthians, está internado. O quadro clínico do dirigente, de 101 anos, não foi informado pelo Hospital Santa Catarina, em São Paulo, pois não foi autorizado pela família.

Além de diretor por vários anos, Dualib foi presidente do Corinthians entre 1993 e 2007, renunciando ao cargo durante um processo de impeachment, motivado pelos problemas com a MSI (Media Sports Investment), que comandava o futebol do clube. A empresa ficou conhecida por montar o time de estrelas — com Tévez, Nilmar, Carlos Alberto e Roger Flores — que conquistou o título brasileiro de 2005. 

A parceria com a MSI, no entanto, rendeu uma acusação de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha pelo Ministério Público Federal. Por este motivo, ele renunciou ao cargo de presidente e foi excluído do quadro de sócios do clube em 2008.

Sob sua direção, o Corinthians foi campeão cinco vezes do Campeonato Paulista (1995, 97, 99, 2001 e 2003), três vezes do Brasileiro (1998, 99 e 2005), duas da Copa do Brasil (1995 e 2002), além do Rio-São Paulo (2002) e do Mundial de Clubes (2000) disputado no Brasil.

Apesar de ter construído equipes vitoriosas e emblemáticas, Alberto Dualib também ficou marcado no imaginário do torcedor corinthiano como um dos principais responsáveis pela crise que culminou no único rebaixamento do time, em 2007. Sem Dualib, a equipe disputou a Série B do Brasileiro em 2008 e foi campeã da competição. 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansAlberto Dualib

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.