Ex-presidente do Real compra o Parma

Lorenzo Sanz, ex-presidente do Real Madrid, está a um passo de tornar-se o novo proprietário do Parma. O milionário espanhol, de 52 anos, depositou nesta sexta-feira 7,5 milhões de euros de entrada para ter o controle do clube, que pertencia à Parmalat mas que foi colocado à venda como parte do plano de recuperar as finanças da multinacional. O controle acionário só vai tornar-se oficial, quando for atingido o valor total de 27,5 milhões de euros.O Parma ganhou projeção nos anos 90, época em que se expandiram os negócios da família Tanzi, dona da Parmalat. O time disputava a Terceira Divisão, chegou à Primeira, ganhou Copa Itália e Copa Uefa (95 e 99) e se tornou força alternativa aos tradicionais Milan, Juventus e Inter. Dois anos atrás, entrou em crise, por conta da bancarrota do grupo.O governo nomeou interventor no Parma, que tratou de equilibrar as finanças e pagar dívidas urgentes. As ofertas apresentadas não entusiasmaram, até que surgiu Sanz. O espanhol considerou oportuno investir na Itália e não tem dúvida de que obterá sucesso. ?Deveremos ser cuidadosos na forma como gastaremos dinheiro no clube?, admitiu, em entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport. ?A longo prazo, mas bem a longo prazo, quero recolocar o Parma em destaque na Europa.?Sanz, o primeiro estrangeiro a ter controle total em um clube italiano, tem experiência no ramo. Entre 95 e 2000 comandou o Real Madrid, e conquistou um título espanhol (97) e duas vezes a Copa dos Campeões (98 e 2000).Rodada - O Parma (4 pontos) abre neste sábado a 5.ª rodada do Campeonato Italiano, ao receber a Juventus, líder invicta da competição, com 12 pontos, dois a mais do que Fiorentina e Palermo. A lanterna Reggina (zero ponto) hospeda a Udinese, que tem 6 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.