Ex-Real Madrid, Schuster pede demissão do Besiktas

O técnico Bernd Schuster, ex-Real Madrid, pediu demissão do Besiktas, da Turquia, nesta terça-feira. O alemão tomou essa decisão após o empate por 0 a 0 diante do Manisapor, no último final de semana, pelo Campeonato Turco.

AE-AP, Agência Estado

15 Março 2011 | 11h27

A equipe ocupa atualmente a sétima colocação na competição nacional, 21 pontos atrás do líder Fenerbahçe, e já foi eliminada da Liga Europa. Somente na Copa da Turquia o clube segue vivo e está nas semifinais.

Com isso, todo o investimento feito no início da temporada não tem se traduzido em bons resultados. O Besiktas contratou reforços renomados, como os portugueses Quaresma e Simão Sabrosa, além do espanhol Guti, mas não vem tendo sucesso.

Sob o comando de Schuster, o Real conquistou o seu último título, que foi o da temporada 2007/2008 do Campeonato Espanhol. Contratado pelo Besiktas em junho do ano passado, ele havia assinado um contrato de dois anos por um salário anual de 2,6 milhões de euros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.