Miguel Schincariol/AFP
Miguel Schincariol/AFP

Ex-Santos e São Paulo, Cueva revela que vai deixar o Pachuca

Time mexicano alega questões financeiras para liberar o jogador peruano

Redação, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2020 | 12h51

Com a crise imposta pela pandemia da covid-19, a diretoria do Pachuca, do México, anunciou que vai diminuir a folha salarial do clube. Com isso, o contrato do peruano Christian Cueva não será renovado após o seu término no fim de junho.

O anúncio foi feito pelo próprio Cueva em uma live na sua conta do Instagram. No fim de abril, o jogador afirmou, em uma entrevista para a ESPN argentina, que gostaria de retornar ao São Paulo, clube onde atuou de 2016 a 2018 e desagradou os dirigentes pro algumas atitudes fora de campo.

Cueva foi vendido pelo São Paulo ao Krasnodar, da Rússia, após disputar a Copa do Mundo de 2018 pela seleção peruana. Retornou para o Brasil e atuou rapidamente pelo Santos, clube com o qual possui algumas pendências.

Cueva possui várias propostas de times sul-americanos. A principal delas é do Boca Juniors, no qual o presidente Juan Román Riquelme teria garantido um lugar na equipe argentina para substituir Alexis MacAllister, negociado com o Brighton, da Inglaterra.

Clubes europeus, segundo a imprensa peruano, e o Alianza Lima, do Peru, também gostariam de ter o jogador, de 28 anos, em seu elenco. O técnico Ricardo Gareca revelou que o atleta deverá continuar a atuar no exterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.