Tiago Vieira/Brasiliense/Divulgação
Tiago Vieira/Brasiliense/Divulgação

Ex-São Paulo, meia Souza é preso antes de jogo em Brasília

Atleta foi levado pela Polícia Federal por crime tributário

O Estado de S.Paulo

02 de março de 2017 | 20h56

Ex-jogador do São Paulo, o meia Souza foi preso nesta quinta-feira, em Brasília, por crime tributário. Atualmente defendendo o Brasiliense, o meia foi levado pela Polícia Federal já no aquecimento para a partida contra o Ceilândia.

A prisão foi decretada pela juíza federal substituta Silene Pinheiro Cruz Minitti, da 1ª Vara, por sonegação de tributos federais no período em que o atleta jogou no exterior. Segundo comunicado do Brasiliense, na decisão, "a magistrada diz que, apesar das insistentes tentativas, Souza não foi encontrado nos endereços apresentados no processo."

Ainda de acordo com o site do clube candango, a juíza acredita que Souza "age de forma premeditada a fim de não ser localizado pelas autoridades" e que "deve-se considerar, ainda, que o crime em questão é doloso e punido com pena superior a quatro anos. Necessária, portanto, a decretação de sua custódia cautelar."

Souza jogou ainda por outros clubes como Grêmio, Cruzeiro, Libertad (Paraguai) e PSG (França).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.