Ex-técnico do Brasil de Pelotas, Felipão lamenta tragédia

Acidente com ônibus do clube gaúcho matou três pessoas e feriu outras 26 na noite desta quinta-feira

Redação,

16 de janeiro de 2009 | 20h59

O técnico do Chelsea, Luiz Felipe Scolari, lamentou nesta sexta-feira o trágico acidente envolvendo a delegação do Brasil de Pelotas, na noite desta quinta no interior do Rio Grande do Sul. O acidente matou três pessoas e feriu outras 26. Felipão dirigiu o Brasil em 1984, quando levou a equipe ao vice-campeonato Gaúcho. Veja também:Dois jogadores do Brasil de Pelotas morrem em acidente"Infelizmente eu recebi a notícia quando cheguei em casa, pela televisão. Fiquei bastante chocado e triste, porque as recordações que eu tenho do Brasil, das pessoas as quais convivi e com a torcida, são a melhores possíveis. Esse clube tem uma marca muito grande dentro de mim. Infelizmente eu soube que essas três pessoas faleceram na volta de um jogo amistoso", assinalou. Felipão ainda procurou ser solidário com os parentes das vítimas. "Quero expressar meus sentimentos as famílias desses atletas, ao Brasil de Pelotas e a toda comunidade, os meus o do Murtosa. E quero deixar um abraço, e algo mais carinhoso à todas essas que pessoas que ficaram nesse momento sem seus familiares e ao Brasil que é o time do meu coração".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.