Ex-técnico do Once Caldas recebe alta

Quatro meses depois de receber dois tiros ao reagir a um assalto e ser internado entre a vida e a morte, o treinador colombiano Luis Fernando Montoya recebeu alta nesta sexta-feira da clínica Las Américas, em Medellín. Considerado o melhor treinador sul-americano de 2004 por ter levado o modesto Once Caldas ao título da Copa Libertadores da América, Montoya, 47anos, ficará tetraplégico. Um dos tiros atingiu a coluna cervical. Esta foi a primeira vez que ele apareceu em público desde o incidente, ocorrido em 22 de setembro, quando tentou socorrer sua mulher, que estava sendo atacada por quatro ladrões ao deixar um caixa eletrônico. O técnico - que ainda precisa de ajuda de aparelhos para respirar - foi aplaudido por funcionários e admiradores ao deixar a clínica. Montoya saiu do hospital de maca e foi transportado de ambulância para o seu sítio no município de Caldas, próximo a Medellín, onde deverá continuar o tratamento fisioterápico. ?No dia de hoje, quando retorno à minha casa, quero expressar meu mais profundo agradecimento a toda a equipe médica e aos paramédicos, por sua dedicação e cuidado. O empenho de todos tornou esse difícil processo em algo menos pesaroso. Serei eternamente grato pela preocupação que tiveram comigo e com meu bem estar?, disse Montoya em um comunicado entregue à saída do hospital. Para um futuro próximo, os médicos estudam a possibilidade de colocar marcapasso no diafrágma do treinador, que lhe permitiria respirar por seus próprios meios.

Agencia Estado,

29 Abril 2005 | 16h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.