Ryan Browne / Reuters
Ryan Browne / Reuters

Ex-zagueiro de Trinidad e Tobago morre em acidente de carro na Inglaterra

Jlloyd Samuel, que jogou por Aston Villa e Bolton, voltava para casa após deixar o filho na escola

Estadão Conteúdo

15 Maio 2018 | 12h06

Jlloyd Samuel, ex-zagueiro da seleção de Trinidad e Tobago, morreu nesta terça-feira, aos 37 anos, vítima de acidente de carro na Inglaterra. A informação foi confirmada pela Federação de Futebol de Trinidad e Tobago.

+ Morre Fábio Koff, ex-presidente do Grêmio e do Clube dos 13

O ex-jogador também atuou pelo Aston Villa e chegou a ser convocado pela seleção inglesa sub-21. No entanto, como tinha dupla cidadania, optou por defender a equipe profissional da ilha caribenha.

O acidente aconteceu na manhã desta terça-feira depois que Samuel deixou o filho na escola. Seu carro se chocou com um caminhão nas proximidades de Warrington, no norte da Inglaterra. Segundo a imprensa inglesa, o ex-jogador ficou preso no carro, que pegou fogo devido a gravidade da batida.

"Recebemos uma terrível notícia que o ex-jogador do Aston Villa e do Bolton Wanderers, Jlloyd Samuel, morreu em acidente de carro nesta manhã. Nós e seus antigos companheiros de seleção prestamos profundas condolências para a família", escreveu a Federação de Trinidad e Tobago.

Samuel nasceu na ilha caribenha mas cresceu em Londres, onde iniciou a carreira no futebol. O primeiro clube profissional foi o Aston Villa, que usou as redes sociais para também prestar solidariedade à família do ex-jogador.

"Estamos profundamente tristes em saber da morte do ex-jogador Jlloyd Samuel aos 37 anos por causa de um acidente de carro. Nossos jogadores usarão uma braçadeira preta como forma de solidariedade esta noite. Nossos pensamentos estão com os amigos e a família nesse momento difícil", postou no Twitter. O ex-jogador deixa a esposa Emma e três filhos.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.