Exame aponta Gündogan mais um mês fora do Borussia

O Borussia Dortmund informou nesta terça-feira que um novo exame, realizado na última segunda, apontou que o volante Ilkay Gündogan precisará ficar afastado dos gramados por um período previsto de "aproximadamente um mês".

AE, Agência Estado

27 de agosto de 2013 | 10h45

No último dia 15, o clube já havia previsto que o jogador ficaria sem poder atuar por cerca de 15 dias, depois de agravar uma lesão nas costas ao defender a seleção alemã no amistoso com o Paraguai, que terminou empatado por 3 a 3, no dia 14 deste mês, em Kaiserslautern.

Gündogan marcou o primeiro gol alemão no empate com os paraguaios, mas precisou deixar o gramado logo aos 26 minutos do primeiro tempo por conta das dores nas costas. E agora o médico do Borussia Dortmund, Markus Braun, fixou o novo prazo de recuperação para o atleta.

Desta forma, Gündogan se tornou desfalque certo da Alemanha para os jogos que o país fará no próximo mês pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2014. Ele não poderá pegar as Ilhas Faroe e a Irlanda, respectivamente nos dias 11 e 15 de setembro, e também não poderá defender o Borussia Dortmund no início da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, marcada para começar no dia 17.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBorussia DortmundGündogan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.