Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Exame aponta lesão, mas Bosco não precisa de cirurgia

Goleiro não pega o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro, mas deve jogar contra o Cruzeiro pela Libertadores

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 17h19

Após sofrer um entorse no joelho esquerdo durante o empate por 2 a 2 contra o Atlético Paranaense, no domingo, o goleiro Bosco foi submetido a um exame de ressonância magnética nesta segunda-feira. A boa notícia para o São Paulo é que o jogador não precisará ser operado, como havia a possibilidade inicial. No entanto, foi constatada uma lesão que o impedirá de atuar por pelo menos uma semana.

 

Veja também:

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especialVisite o canal especial da Libertadores

lista Libertadores - Calendário/Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O exame não apontou nenhuma lesão cirúrgica, mas uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo", explicou o médico José Sanchez. Com a confirmação da contusão, Bosco ficará fazendo fisioterapia até o início da próxima semana, quando será reavaliado. Desta forma, o goleiro já está descartado para o clássico de domingo contra o Palmeiras, válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

"Estou aliviado com o diagnóstico. Vou me dedicar bastante aos trabalhos clínicos e físicos para conseguir voltar a atuar o quanto antes. Estou confiante na recuperação", afirmou Bosco, que torceu o joelho no segundo tempo do jogo, ao se enroscar com um jogador do Atlético. A expectativa do São Paulo é que o goleiro retorne para o confronto pelas quartas de final da Copa Libertadores. No próximo dia 27, o time enfrenta o Cruzeiro no Mineirão.

Já no clássico diante do Palmeiras, Bosco será substituído pelo jovem Denis, já que o titular Rogério Ceni só volta no segundo semestre. O goleiro de 22 anos já defendeu o gol são-paulino uma vez nesta temporada, na vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa, ainda pelo Campeonato Paulista. Ele entrou no lugar de Ceni, que sentiu uma lesão muscular, e teve uma boa atuação - na oportunidade, Bosco não estava no banco de reservas por contusão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.