Exame confirma doping de Couto

O exame de contra-prova de urina, realizado em defesa do jogador português Fernando Couto, da Lazio, apresentou hoje a presença da substância anabolizante ?nandrolona?, considerada irregular pela Fifa. Esse resultado confirmou o exame anti-doping a que o jogador foi submetido em 28 de janeiro, após a partida entre Lazio e Fiorentina.Mesmo assim, Couto poderá jogar amanhã contra o Vicenza. Mas as rodadas seguintes ainda estão indefinidas. A Comissão de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol deve se reunir no próximo dia 26 para julgar a questão, e Couto pode ser suspenso. Em outros casos em que jogadores foram punidos por uso de nandrolona, a pena chegou até a 2 anos. Se essa pena for confirmada para Couto, ele não poderá participar da próxima Copa do Mundo, no Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.