Divulgação/Botafogo
Divulgação/Botafogo

Exame confirma lesão e Kieza desfalcará Botafogo na Sul-Americana

Atacante não estará em campo contra o Nacional do Paraguai nesta quinta-feira

Estadão Conteúdo

14 Agosto 2018 | 20h54

O atacante Kieza desfalcará o Botafogo no duelo contra o Nacional, do Paraguai, na quinta-feira, no estádio do Engenhão, no jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. O jogador passou por exame nesta terça-feira, que confirmou lesão na parte posterior da coxa direita.

O problema surgiu pouco antes do empate contra o Paraná, no último domingo, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Kieza permaneceu no banco de reservas e Aguirre começou a partida no comando do ataque. Para o duelo da competição continental, Brenner também briga por uma chance na equipe.

Outra baixa é do goleiro Gatito Fernández, que ainda se recupera de lesão no punho. A boa notícia será a estreia do lateral-esquerdo Moisés na competição continental. O jogador estava machucado na fase anterior e falou nesta terça-feira sobre a expectativa para a partida e a dificuldade que o Botafogo deve ter para reverter a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, fora de casa.

"Quando cheguei aqui o objetivo do grupo era chegar lá na frente na Sul-Americana. Perdemos o primeiro jogo, mas podemos reverter esse placar. Acredito que teremos um pouco de dificuldade dentro do jogo, mas será um jogo de paciência, de saber atacar e defender ao mesmo tempo. O Zé e sua comissão tem nos alertado o tempo todo e com o apoio da nossa torcida temos tudo para fazer um grande resultado", disse.

Por conta do gol fora de casa, o Botafogo garante a vaga com uma vitória simples por 1 a 0. Caso o Nacional faça um gol, o time alvinegro precisará fazer três. Se o placar do jogo de ida se repetir, a decisão irá para os pênaltis.

"Os torcedores do Botafogo podem esperar a nossa alma dentro de campo, a vitória, a classificação. Dentro do jogo é que vamos saber se vai ser sofrido ou não, mas o mais importante é a classificação. Temos a nossa ideia de jogo e estamos trabalhando para dar o nosso máximo. Vamos colocar a nossa qualidade e o nosso ritmo. Com a ajuda da torcida vamos fazer um bom jogo pela classificação", finalizou o lateral.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.