Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians

Exame confirma lesão e Corinthians fica sem Rildo por dois meses

Atacante se machucou após choque com Edílson em treino na terça

Estadão Conteúdo

20 de abril de 2016 | 19h54

O atacante Rildo voltou a sofrer grave lesão no Corinthians. Nesta quarta-feira exames constataram dois problemas físicos que resultaram de um choque com Edílson no treino de terça. Rildo deve ficar afastado dos gramados por até dois meses.

O atacante de 27 anos sofreu uma lesão ligamentar completa do complexo lateral do tornozelo esquerdo e uma fratura no osso navicular sem desvio. De acordo com o departamento médico do Corinthians, Rildo fará "tratamento não-cirúrgico", sem dar maiores detalhes. A previsão é de que fique afastado de seis a oito semanas.

Rildo vem de uma sequência de problemas físicos que impedem o jogador de atuar há 220 dias. Em setembro do ano passado, ele machucou o ombro esquerdo e precisou ser submetido a uma cirurgia. Neste ano, um outro procedimento para ajudar na recuperação do ombro acabou atrasando seu retorno ao futebol.

Quando estava totalmente recuperado do problema no ombro, Rildo sofreu outra contusão. Desta vez no pé esquerdo. Acabou perdendo espaço no elenco e nem foi inscrito no Paulistão - somente na fase de grupos da Copa Libertadores. Ao recuperar-se, foi incluído na relação do Corinthians na segunda fase do Estadual.

MARQUINHOS GABRIEL

O novo reforço corintiano foi inscrito nesta quarta-feira no Boletim Informativo Diário da CBF. Com a regularização, o meia já pode estrear com a camisa do Corinthians, embora ainda seja necessário inscrevê-lo no Paulistão e na Copa Libertadores. O maior obstáculo será a recuperação física do atleta, que ainda está fora de ritmo de jogo.

Tudo o que sabemos sobre:
RildoCorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.