Nilton Fukuda/ESTADÃO
Nilton Fukuda/ESTADÃO

Exame confirma lesão e Wesley desfalca Palmeiras

Meia machucou o músculo da coxa esquerda no último domingo, durante a derrota para o Fluminense

AE, Agência Estado

14 de novembro de 2012 | 15h37

SÃO PAULO - O Palmeiras perdeu um de seus titulares para o jogo decisivo contra o Flamengo, no domingo, em Volta Redonda (RJ), quando pode ser rebaixado para a segunda divisão. Um exame confirmou nesta quarta-feira que o meia Wesley sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda, o que faz com que ele já esteja descartado para a próxima rodada do Brasileirão.

Wesley sofreu a lesão durante a derrota para o Fluminense, no último domingo, quando atuou como lateral. "Estava sentindo e no jogo abriu um pouco, mais ou menos um centímetro, mas essa é uma lesão rápida, que acontece com todo jogador de futebol", contou ele, que também corre o risco de perder a rodada seguinte, dia 25, contra o Atlético-GO.

Apesar de lamentar a contusão muscular, Wesley ficou aliviado pelo problema não ter relação com o joelho direito, que passou por cirurgia em abril. "Devo ficar em tratamento por umas duas semanas. Vivemos um momento difícil (no Brasileirão), mas o joelho não preocupa e agradeço a Deus todos os dias por ter voltado a jogar", contou o jogador.

Além de Wesley, o técnico Gilson Kleina já perdeu outro titular para o jogo contra o Flamengo: o volante João Denoni sofreu uma luxação na clavícula e deve ficar duas semanas afastado. E jogadores como Corrêa, Henrique e Patrick Vieira, todos com problemas físicos, ainda são dúvida para o compromisso de domingo em Volta Redonda.

Corrêa está com uma lesão na panturrilha esquerda, Henrique sofreu um trauma na região da costela e Patrick Vieira se recupera de uma entorse no tornozelo esquerdo. Para completar, Valdivia, Daniel, Carvalho, Leandro, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Betinho se recuperam há mais tempo de problemas físicos e não têm previsão de retorno.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.