Antonio Lacerda/EFE
Antonio Lacerda/EFE

Exame descarta lesão grave no joelho esquerdo do atacante Neymar

Atacante será reavaliado nesta quarta-feira para saber se será poupado de treinamento

Marcio Dolzan / Enviado Especial / Teresópolis, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2019 | 21h44

O atacante Neymar fez exames de imagem na noite desta terça-feira, em Teresópolis, que descartaram uma lesão grave no joelho esquerdo. O jogador do Paris Saint-Germain sentiu dores no local após chutar uma bola a gol no treino da seleção brasileira no período da tarde. Mancando, ele deixou a atividade mais cedo.

+ Jogador da base do Cruzeiro dá caneta em Neymar, que apela

O jogador foi acompanhado pelo médico da seleção, Rodrigo Lasmar. Na quarta-feira pela manhã, Neymar será reavaliado para definir se ele vai participar do treino que está programado para o período da tarde, na Granja Comary, local de preparação do Brasil para a disputa da Copa América.

O lance aconteceu já nos minutos finais do treinamento, uma atividade realizada em metade do campo sob orientação do técnico Tite. Mancando, Neymar deixou a atividade mais cedo.

Neymar sentiu dores no joelho sem aparentemente ser tocado; ele chutou a gol de dentro da área, com Thiago Silva à frente. Logo depois da finalização, o atacante fez feição de dor, segurou o joelho esquerdo e começou a mancar, deixando o campo caminhando. Pouco depois, o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, foi até o atacante. Após uma rápida conversa, os dois deixaram o campo

O atacante se apresentou à seleção brasileira no sábado. Ele treinou com bola no mesmo dia e no domingo, antes de folga geral para os jogadores. Nesta terça, ele fazia o terceiro trabalho com o grupo na preparação para a Copa América quando sentiu o incômodo no joelho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.