Bruno Cantini / Atlético
Bruno Cantini / Atlético

'Exausto', meia Neto comemora estreia pelo Atlético-MG aos 16 anos

Técnico Levir Culpi dá chance para garotos na derrota para o Tombense pelo Campeonato Mineiro

Redação, Estadão Conteúdo

23 Janeiro 2019 | 22h23

O técnico Levir Culpi escalou um time reserva e recheado de pratas da casa na noite desta quarta-feira, quando o Atlético-MG perdeu para o Tombense, por 1 a 0, em Tombos, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. Mas um deles em especial chamou a atenção.

Integrado ao elenco profissional no ano passado, o meia Neto estava disputando a Copa São Paulo de Futebol Júnior e atraiu os olhares de Levir Culpi. A primeira partida com a camisa atleticana no time de cima foi nesta quarta, aos 16 anos.

"Quero agradecer a Deus, por essa oportunidade, e ao Atlético, por ter confiado no meu trabalho e na minha capacidade. Entrei em campo com pensamento de dar o meu melhor e pude fazer isso. Saí exausto. Infelizmente, a vitória não veio. Vamos trabalhar durante a semana para fazer um bom jogo no domingo", disse o meia.

Além de Neto, Levir Culpi deu oportunidade para outros oito jogadores revelados na base atleticana: Cleiton, Hulk, Bruninho, Hélio Junior, Igor Reis, Daniel Penha, Alerrandro e Felipe.

Com a derrota nesta quarta-feira, o Atlético-MG estacionou nos três pontos e tem pela frente o clássico contra o Cruzeiro, às 11 horas de domingo, no Mineirão, pela terceira rodada do Mineiro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.