Expectativa pelo gol 7 mil de sua história motiva a Lusa

A apenas um ponto do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, a Portuguesa pretende ter um bom público no Canindé para o duelo paulista desta sexta-feira, às 21 horas, contra o São Caetano, pela 11.ª rodada. O motivo é histórico: o clube está próximo de marcar o gol 7 mil de sua história.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2010 | 19h35

Para alcançar o feito, basta balançar as redes contra o São Caetano, já que o time da capital paulista soma 6.999 gols marcados em 89 anos de história. Outra expectativa fica pela tão aguardada estreia do atacante Dodô. Dispensado no Vasco, o atleta chegou à Lusa durante o período de recesso da Copa do Mundo, e desde então sua primeira partida com a camisa do clube é especulada.

Até agora, o time rubro-verde já disputou três partidas, e o chamado "artilheiro dos gols bonitos" segue sua luta para entrar em forma. O jogador será reavaliado pelo departamento médico e pode ser escalado. Quem tem balançado as redes, por enquanto, é Héverton, artilheiro isolado da Série B, com oito gols.

A diretoria da Portuguesa já anunciou uma promoção para o torcedor que comparecer à partida de sexta: mulheres e crianças que forem ao Canindé portando a camisa do clube não pagarão ingresso. No momento, a Portuguesa ocupa a sexta colocação da Série B, com 17 pontos ganhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.