Experiente e cobiçado, Kleina tem a grande chance na carreira

O técnico Gilson Kleina deve ser anunciado como novo comandante do Palmeiras ainda nesta quarta-feira. Caso seja concretizado o acerto, apesar da situaçao complicada do time alviverde, Kleina assume o maior desafio de sua carreira.

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

19 de setembro de 2012 | 10h58

Gilson Kleina tem 44 anos e nasceu em Curitiba. De 1999 a 2002 foi assistente técnico de Abel Braga. Juntos, passaram por Coritiba, Olympique de Marselha, Atlético-MG e Botafogo. Em 2002, antes de chegar ao Botafogo, Kleina trabalhou por alguns meses como técnico do Villa Nova-MG.

Em 2003, assumiu o Iraty e desde então perambulou pelo futebol brasileiro até que chegou na Ponte Preta em 2011 e conseguiu colocar a equipe de Campinas de volta a série A do Brasileiro, após seis anos.

A trajetória de Gilson Kleina como treinador é: Villa Nova-MG (2002), Iraty (2003), Criciúma (2003-04), Paraná (2004), Iraty (2005), Caldense (2005), Cianorte (2005), Paysandu (2005), Coruripe (2006), Paraná (2006), Gama (2006), Ipatinga (2007), Paraná (2007), Caxias (2007), Vila Nova (2009), Duque de Caxias (2009), Boavista (2010), Ipatinga (2010), Duque de Caxias (2010) e Ponte Preta (desde 2011).

No ano passado, o treinador chegou a receber uma proposta oficial do Fluminense e ficou próximo do acerto, mas na hora de assinar contrato, decidiu permanecer na Ponte Preta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.