Expulsão em chance de gol será discutida pela Board

A International Board, órgão responsável pelas regras do futebol, vai se reunir para definir se mantém a indicação aos árbitros de aplicar o cartão vermelho ao jogador que comete o pênalti evitando a conclusão de uma chance clara de gol.

AE-AP, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2010 | 16h12

Será discutido se a punição é muito pesada, já que deixa uma equipe com um jogador a menos, provoca a suspensão do atleta e ainda dá uma grande chance ao time que sofreu a falta de marcar o gol, com a cobrança de pênalti.

A Fifa colocou a questão na ordem doa dia do encontro anual da International Board, que acontecerá em Zurique no dia 6 de março. Keith Hackett, presidente da comissão de arbitragem da Inglaterra, defende que a punição ao time infrator seja mais branda.

"Por que você está colocando um jogador para fora quando você já concedeu nova oportunidade de gol com a cobrança de pênalti?", disse Hackett. "Se você olhar a lógica disso, o pênalti é a concessão de uma nova oportunidade. Se for dentro da grande área, você deveria apenas advertir o jogador".

O encontro também vai debater a colocação de auxiliares atrás dos gols, como já foi testado na Liga Europa. Outro tema discutido será a proposta da Associação de Futebol da Escócia de tirar um jogador da equipe adversária de campo quando o outro time estiver com um jogador contundido fora do gramado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInternational Boardregras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.