Juan Karita/AP
Juan Karita/AP

Expulso, Denis elogia atuação de Maicon como goleiro em jogo

Zagueiro teve que ir para meta após cartão vermelho para arqueiro

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2016 | 01h06

O goleiro Denis, do São Paulo, agradeceu ao zagueiro Maicon a participação segura no gol do time nos minutos finais do empate em 1 a 1 com o The Strongest, em La Paz, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores. O dono da posição foi expulso aos 48 minutos do segundo tempo e fez com que o defensor entrasse em seu lugar para fazer ainda duas defesas nos lances finais.

"Ele foi muito bem. Perguntei se ele tinha noção como goleiro. Fiquei desesperado, porque jogar aqui na altitude, sem ser goleiro, é difícil. Ele foi muito bem, agradeço ao Maicon pelas defesas que fez", disse Denis ao canal Fox Sports depois da partida no estádio Hernando Siles. No momento da expulsão a equipe paulista já havia feito as três alterações.

O zagueiro Maicon vestiu a camisa que estava com Denis e participou de dois lances em cruzamentos. Em ambos, conseguiu fazer as defesas. "Nunca tinha sido goleiro. Meu pensamento foi ajudar a equipe acima de tudo. Não quero ser herói. Sou um trabalhador como todos e quis ajudar a equipe como eles me ajudaram também", comentou o defensor em entrevista para a Fox Sports.

Denis foi expulso ao levar o segundo cartão amarelo. Assim como na primeira advertência, ainda no primeiro tempo, o goleiro recebeu o cartão do árbitro por demorar a cobrar tiro de meta. "Ele me deu um cartão muito cedo. Eu sempre batia o tiro de meta do mesmo lado. O gândula jogou a bola de um lado, fui correndo buscar para cobrar e aí ele me expulsou", lamentou.

O capitão do time será desfalque no primeiro jogo das oitavas de final, quando o São Paulo recebe o Toluca, do México, no Morumbi. "Realmente foi muito complicado jogar na altitude. Eu que não corro senti bastante. Até para bater tiro de meta e gritar com a defesa eu cansei. O esforço de todo o nosso time enaltece a nossa classificação."

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCFutebolLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.