Mario Ruiz/EFE
Mario Ruiz/EFE

Martino não poderá comandar Argentina contra a Jamaica

Treinador é suspenso por um jogo após expulsão contra o Uruguai

Estadão Conteúdo

17 de junho de 2015 | 16h06

Expulso pelo árbitro Sandro Meira Ricci ainda no primeiro tempo do clássico contra o Uruguai, terça-feira, em La Serena, o técnico Tata Martino não vai poder comandar a Argentina na última partida da primeira fase da Copa América, sábado, contra a Jamaica, em Viña del Mar, também no Chile.

De acordo com a Conmebol, Martino foi expulso por "protestar de forma acintosa" e entrar por vários metros dentro de campo de jogo. O treinador recebeu um jogo de suspensão automática.

Em nota, a Associação de Futebol da Argentina (AFA) lembrou que Martino não poderá entrar no vestiário nem na área técnica do estádio de Viña del Mar. O treinador também não pode fazer nenhum tipo de comunicação com integrantes da comissão técnica ou jogadores a partir do momento em que eles entrarem no estádio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.