Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Expulsos na final, Clayson e Felipe Melo escrevem novo capítulo de sua rivalidade

Jogadores receberam cartão vermelho após confusão generalizada nos acréscimos do primeiro tempo

Daniel Batista e Matheus Lara, Estadão Conteúdo

31 de março de 2018 | 19h06

A história da rivalidade entre o atacante Clayson e o volante Felipe Melo ganhou um novo capítulo neste sábado. Os dois foram expulsos no fim do primeiro tempo do jogo de ida final do Paulistão entre Corinthians e Palmeiras, em Itaquera, e estão fora da grande decisão no próximo domingo, no Allianz Parque.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ Borja faz a diferença e Palmeiras fica perto do título em clássico violento

A confusão aconteceu nos acréscimos. Na ponta direita do ataque palmeirense, Borja e Henrique se estranharam e um empurra-empurra não demorou para começar, envolvendo também Dudu e Clayson. Felipe Melo entrou na briga. Borja e Henrique foram punidos com cartões amarelos e Felipe Melo e Clayson foram expulsos pelo árbitro Leandro Bizzio Marinho.

"Nenhum tipo de agressão faz parte do futebol", disse o palmeirense Willian no intervalo da partida, após a confusão. "Mas a gente vai se trombar e daqui a pouco um está encarando o outro. É o calor do jogo. O Henrique estava discutindo com o Borja, eles estavam se peitando, e depois foi aquela confusão toda. Tentamos separar. Agora é esfriar a cabeça. Perdemos um cara importante, mas eles também."

Clayson e Felipe Melo já se estranharam e a confusão foi parar na Justiça. No ano passado, na vitória corintiana por 3 a 2 no segundo turno do Brasileiro, eles trocaram xingamentos e arremessaram objetos um contra o outro no acesso aos vestiários da Arena Corinthians.

A confusão foi parar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e ambos foram punidos com um jogo de gancho. Neste ano, não se cumprimentaram no primeiro dérbi da temporada, pela fase de grupos do Paulistão, nem no início da final deste sábado.

Os dois também já tinham se enfrentado em campo na semifinal do Paulistão de 2017, quando a Ponte Preta, ex-time de Clayson, eliminou o Palmeiras e chegou à decisão, na qual perderia justamente para o Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.